Descubra qual é a função do síndico no condomínio

Descubra qual é a função do síndico no condomínio

12 jan

Você que mora em um condomínio sabe qual é a função do síndico? Sim? Não? Você acha que a função do síndico consiste em apenas marcar aquelas reuniões que para muitos são chatas, enfadonhas e que não servem para resolver nada? Pois bem, a função do síndico não se resume a isso.

Hoje em dia, a tecnologia já possibilita que a administração de condomínio online seja executada bem como a aposta na contratação do síndico profissional. Por isso, vamos elencar alguns aspectos sobre a função do síndico e mostrar que muitas vezes a opção pela contratação de um síndico profissional é muito mais vantajosa.

A principal função do síndico é a de ser responsável juridicamente pelo condomínio, mas o que isso significa de forma efetiva? Apesar de ser um ser humano, o síndico é o órgão administrativo, pois é ele o responsável por fazer a administração do empreendimento.

Função do síndico no condomínio

Além de ser o órgão administrativo o síndico ainda é quem “manda” no condomínio. Tal poder é dado a ele por meio de uma eleição realizada em uma Assembleia Geral Ordinária realizada pelos moradores do local.

No entanto, ele só é o representante do condomínio quando recebe a maioria dos votos. A ata precisará ser levada para ser registrada em um Cartório de Registro de Documentos e constar ainda que seu mandato é de dois anos.

Cabe ainda ao síndico fazer toda a representação do condomínio em todos os locais, incluindo em juízo e ele tem que agir para defender os interesses de todos os moradores.

Alguns podem achar que o síndico é empregado do condomínio, mas isso não é verdade, mesmo que o condomínio pague pelos seus serviços. Independente disso, é preciso ter clareza que o síndico sempre terá que responder pelos atos que ele praticar enquanto ocupar o posto de administrador do condomínio.

Função do Síndico

O que fiz a lei sobre a função de síndico?

O Código Civil Brasileiro no artigo 1348 define quais são as funções fundamentais que devem ser executadas pelo síndico. Dentre suas atribuições está: a convocações de assembleias, representar o condomínio em ações fora de juízo e em juízo.

Cabe ao síndico ainda, defender os interesses comuns de todos os moradores do prédio e, ainda, fazer cumprir o que foi determinado no regime interno, na convenção e nas assembleias.

A prestação de serviços de manutenção cabe ainda ao síndico bem como a identificação de problemas em equipamentos e na infraestrutura e depois disso, cabe a ele mandar para que o reparo seja feito.

A inadimplência também é um problema muito comum dentro dos condomínios, mas é função do síndico também fiscalizar o pagamento das taxas condominiais. Caso o débito não seja quitado, é ele quem deverá importar multas e advertir em caso de necessidade.

Por que o síndico profissional é mais vantajoso?

Muitos prédios têm apostado no síndico profissional. A aposta na contratação desse profissional é benéfica, porque ele apresentar as contas e ações do condomínio de forma clara. Mais do que isso, cabe a ele a realização de gestão transparente, pois o foco deve estar na manutenção da saúde financeira do condomínio.

O síndico profissional ainda atua fazendo com que ações para redução dos custos sejam desenvolvidas e essa medida fará com que o controle de fluxo de caixa melhore e o orçamento seja melhor aproveitado.

Entendeu as vantagens de contar com o síndico profissional? Então, entre em contato para saber mais sobre isso.

Nossos Serviços