Código de Ética da Central de Condomínios

A Central de Condomínios assume compromisso contratual de exercer e facilitar a transparência em todos os seus processos de trabalho, estabelecendo rotinas documentais simples, processos de tomada de preços transparentes a todos os condôminos e prestação de contas de forma contínua, no site do condomínio e demais meios físicos determinados pelo cliente, discriminando a natureza do custeio e, em especial, das despesas extraordinárias do condomínio.

A Central opera este compromisso através dos seguintes meios:

no relacionamento com o condomínio:

A Central realiza prestação mensal de contas através do site ou meio físico determinado em contrato e atesta, no documento, que as despesas do período seguiram a previsão orçamentária usual do condomínio.

Todas as despesas extraordinárias são divulgadas em destaque, informando em qual Assembleia de Condôminos ela foi autorizada, ou com anexação dos comprovantes de autorização de despesa apresentados pelo síndico e conselho fiscal. Desta forma, os condôminos podem acompanhar com mais segurança a execução financeira.

A Central audita mensalmente todos os valores de contratos do seu condomínio com prestadores de serviços, fazendo comparativo com os valores praticados em outras unidades por serviços similares, e sugere renegociação.

Esta atitude, além de limitar a prática de preços excessivos, ainda inibe reajustes subsequentes por altos preços médios de mercado.

A Central somente realiza tomada de preços com fornecedores formalmente cadastrados na Receita Federal, com CNPJ ativo e contra emissão de Nota Fiscal de Serviços.

A apresentação de documentos legais da atividade, como seguros, alvarás e licença de funcionamento, é solicitada na contratação de serviços.

A empresa abre exceção somente para atividades profissionais de menor formalidade no mercado de trabalho, como pedreiros, eletricistas e pintores, ou quando não houver fornecedores registrados no mercado de trabalho local.

A Central estuda continuamente todas as situações de inconformidades nas rotinas do seu condomínio, e sugere soluções comuns e legais para todas, através de padronização de condutas por inclusão de termos no regimento interno e convenção de condomínio, votados em assembleia.

Esta atitude favorece o melhor convívio social, resolução de pequenos conflitos repetitivos e reduções adicionais de custos na unidade, por desperdício ou redução de trabalho.

no relacionamento com o síndico:

A Central fornece relatórios detalhados de todas as atividades administrativas e financeiras do condomínio, em periodicidade determinada em contrato. Todos os comprovantes de despesas são mantidos por 10 anos, em meio digital.

A Central notifica o síndico todas as vezes em que um preço a ser contratado for 10% acima do maior valor já contratado por qualquer de seus clientes,  em serviços ou produtos similares, reduzindo oportunidades de despesas excessivas ou fraudes.

A Central realiza auditoria interna mensal nas contas do condomínio, realizada por colaborador distinto daquele responsável pela sua unidade. Este processo traz maior transparência na gestão e segurança aos recursos e patrimônio do condomínio.

no relacionamento com prestadores e fornecedores:

A Central somente realiza tomada de preços com prestadores e fornecedores quando os recursos financeiros já estão disponibilizados em conta corrente.

Em despesas extraordinárias em que os recursos ainda não estão disponibilizados, estudamos o histórico de adimplência condominial nos últimos 36 meses, e orientamos internamente o melhor momento de executar a despesa.

Além disso, negociamos com sua empresa a melhor condição de pagamento por serviços/produtos que se encaixem na realidade do condomínio comprador, praticamente eliminando as chances de inadimplência.

A Central fideliza seus prestadores e fornecedores, através de monitorização contínua da qualidade de serviços e produtos. Desta forma, os melhores prestadores sempre são privilegiados em futuras tomadas de preços, para todas os clientes da administradora.

 

1