Cuidados com caixas d’água em condomínios

Cuidados com caixas d’água em condomínios

08 out

Com o intuito de evitar doenças e infecções, um dos principais cuidados que se deve ter em condomínios é a limpeza das caixas d’água, realizada de modo periódico, geralmente semestral.

Apesar de receber uma água de alta potabilidade, os sistemas de transporte (canos) e armazenamento (caixas d´água) são passíveis de receber detritos ao longo do trajeto, e se acumulam com o tempo.

As caixas devem ser mantidas sempre cobertas e com restrição de acesso. O sistema de fechamento deve o original da marca, cuidado que permite vedamento correto do interior, minimizando entrada de resíduos, insetos e roedores.

As caixas de concreto devem receber impermeabilização eficiente, evitando infiltrações para o terreno e até comprometimento de estruturas prediais.

A limpeza deve ser realizada por empresa qualificada, utilizando métodos e produtos adequados, impedindo a contaminação por químicos e problemas ocasionais de saúde. A sua execução demanda suspensão temporária do fornecimento de água, então é conveniente que sua execução se dê aos finais de semana, na maioria  dos prédios de destinação comercial, e no início da semana, para as construções residenciais, mistas e de lazer.

As empresas especializadas devem seguir normas regulamentadoras específicas, as NR – 33 e NR – 35, que regulam as atividades de trabalhadores em espaços confinados e em alturas. O síndico deve cobrar da empresa contratada os documentos comprobatórios do cumprimento das normas, sob risco de colocar pessoas em risco e ser acionado judicialmente em situações de acidentes trabalhistas.

A execução dos serviços deve ser amplamente divulgada nos dependências do condomínio e demais canais de comunicação, com antecedência mínima de 7 dias e informando estimativa dos horários de  início e término da suspensão de fornecimento, reduzindo o transtorno aos condôminos.

Por último, contratos de prestação de serviço por períodos prolongados podem preservar a melhor qualidade da água, gerar economias ao condomínio, além de evitar falhas na execução das atividades, facilitar o planejamento orçamentário e diminuir o trabalho do síndico.

A limpeza da caixa d´água em casas pode ser realizada pelo próprio morador, seguindo orientações da concessionária local.